A escrita e a literatura como terapia

Cursos, no Rio de Janeiro, mostram como a escrita e a literatura nos ajudam a lidar com nossas emoções

Vida Simples Digital

Cursos ensinam como a escrita e a literatura ajudam a lidar com as emoções | <i>Crédito: Shutterstock
Cursos ensinam como a escrita e a literatura ajudam a lidar com as emoções | Crédito: Shutterstock

Cursos de literatura e escrita funcionando como aliados no processo de superação de síndromes e de problemas emocionais têm arrastado muita gente para dentro das salas de aula, sob a lógica de Mario Benedetti de que se a literatura não muda o mundo pode mudar as pessoas e elas, sim, modificam o mundo. É esta a premissa do Instituto Estação das Letras, no Flamengo, que a partir do início de março coloca à disposição do público as oficinas Fazer a mão – bordando a poesia; Ler e Escrever – um santo remédio; e Encadernação Poética.

“A Biblioterapia (prescrição de materiais de leitura com função terapêutica) chega como a mais antiga novidade desse contexto, validando como foi longo o caminho percorrido até livros e literatura adquirir caráter terapêutico”, explica Suzana Vargas, fundadora do IEL, para quem ler e escrever passam a fazer sentido no cotidiano das pessoas. “Criar e ler mudam destinos, embora não substituam as terapias psicanalíticas”, diz.

Em Bordando a poesia, as psicanalistas Ninfa Parreiras e Theka Galvão colocam em pauta o risco, a palavra, o ponto, o verso, o vazio e o avesso para serem trabalhados, junto ao ritmo e à imagem através do artesanato da poesia e do bordado. O objetivo das professoras é fazer com que os participantes do curso criem poemas e bordem, literalmente, os versos que saírem deste processo. As aulas acontecem dias 2/3, 6/4 e 11/5, às sextas-feiras, das 9h30 às 12h30, na sede do IEL (Marquês de Abrantes, 177, no Flamengo).

Na mesma corrente terapêutica, a professora Silvia Carvão apresenta na sua oficina de escrita, Ler e Escrever – um santo remédio, histórias, contos, crônicas e poemas como remédios para os males e anseios que rodeiam a sociedade moderna. As aulas começam dia 6/3 e acontecem até 24/4, sempre às terças-feiras, das 18h45 às 20h45, no IEL, que abre suas portas ainda, entre 12/3 e 4/6 para o bibliotecário, poeta e arte-educador Domingos Gonzale Cruz, com Oficina de Encadernação Poética.

Confeccionar livros de poesia, afinal, desde a impressão até a encadernação artesanal criativa é ou não uma oportunidade de cuidar da mente colocando as mãos para trabalhar em conjunto? Para Suzana Vargas, cursos como esses recolocam a literatura no seu lugar e apontam através da criação e da leitura nossos recursos internos para enfrentar a dureza do cotidiano e muitas vezes a falta aparente de sentido.

 

Informações e Inscrições:

estacaodasletras@estacaodasletras.com.br e 21 3237-3947.

A programação completa do IEL está disponível em www.estacaodasletras.com.br.

28/02/2018 - 10:10

Conecte-se

Revista Vida Simples