Como optar pelo empreendedorismo

Jode Gonçalves e Bruna Antero são duas profissionais, em início de carreira, que optaram pelo caminho do empreendedorismo. A dupla criou uma agencia que une viagem, festivais de música e festas. Foi uma decisão que exigiu coragem e que elas compartilharam nesse breve depoimentos e também no “1º Seminário & Webinário Yaw: Guinadas Pessoais”, que acontece em 03 de setembro, em São Paulo

Vida Simples Digital

Jode e Bruna da Summer Travel Party | <i>Crédito: Divulgação/Yaw
Jode e Bruna da Summer Travel Party | Crédito: Divulgação/Yaw

“Entrei para o mercado de trabalho como trainee. No total foram quatro anos na Mondelez trabalhando com marketing e trade marketing. O trabalho em trade marketing em uma multinacional é muito corrido, e você acaba sendo um pedacinho da cadeia que não tem autonomia para fazer muita coisa. Ano passado mudei para uma empresa menor, começando no Brasil, a Bel Brands. Apesar da autonomia, continuava sentindo falta de fazer alguma coisa que de fato significasse alguma coisa para mim. Passar meus dias na frente do computador trabalhando em planilhas do excel definitivamente não era uma coisa que eu gostaria de fazer para minha vida. Conheci minha sócia na Mondelez e de cara nos demos bem pelo mesmo gosto por viagens e música. Nos último 5 anos foram incontáveis viagens e festivais de música que vivemos no caminho, e toda vez que estávamos vivendo um desses momentos "não quero que essa viagem acabe" a gente filosofava por horas sobre como poderíamos trabalhar com isso. Já que as duas eram formadas em administração/marketing, e tinham trabalhado a vida inteira em empresas grandes, ficamos muito tempo tentando entender como começar. No começo do ano passado surgiu o clique que se não começássemos por algum lugar, não tiraríamos o plano do papel nunca. Foram muitas discussões definindo quem gostaríamos de ser, até que no meio do ano lançamos a Summer Travel Party e desde lá eu não conseguia parar para pensar em outra coisa. O trabalho "regular" começou a ficar em segundo plano e na minha cabeça não fazia sentido levar as duas empresas "mais ou menos". Era sofrido ver que eu podia me dedicar muito mais a uma coisa que era minha e que eu gostava de fazer mas tinha "8h por dia" comprometidas com outra coisa. Foi assim que resolvemos nos estruturar, começar a guardar dinheiro e nos planejamos para pedir demissão e sair em busca do nosso sonho, que começou em junho desse ano! Não foi fácil tomar a decisão de largar um emprego com um bom salário, e toda estabilidade que ele trazia. Sabia que a hora que pedisse demissão estaria abrindo mão de muita coisa, mas estava totalmente disposta a passar por isso. Esse foi o desafio da tomada de decisão, mas os do caminho são muito maiores! Ainda não temos uma fonte de renda fixa, e estamos quebrando a cabeça para entender qual a melhor opção para conseguir nos estabilizar como empresa, ainda mais por não termos ninguém para nos espelhar e termos que criar nosso próprio caminho do sucesso. Saímos em uma viagem de 3 meses pela Europa para viver as experiências que queremos ter: viagens focadas em festivais de música e vida noturna. Estamos vivendo o mundo dos sonhos que queríamos viver, conhecendo festivais de música diferentes e entendendo melhor esse universo. Acho que o ponto alto foi conseguir entrar como imprensa no Ultra, que rolou esse mês na Croácia. Conhecemos muita gente do meio e tivemos uma visão mais completa de como é o mundo dos festivais pelos bastidores, foi demais! Também conseguimos sair em alguns veículos grandes, como UOL e Catraca Livre, o que acabou nos trazendo muitos seguidores que tem o mesmo sonho que a gente, e acabam nos dando ainda mais força pra continuar fazendo tudo. Ainda temos mais um tempo de viagem para continuar nos estruturando para ser reconhecidas pelas pessoas pela expertise que estamos criando, pela qualidade do conteúdo que fazemos e por ser as meninas que realmente sabem organizar uma viagem na qual as pessoas viverão as melhores experiências.” Jode Gonçalves

“Tenho 28 anos e por 9 trabalhei na Mondelez, multinacional de bens de consumo. Sou formada em administração, e trabalhar lá sempre foi um sonho para mim. Passei por diversas áreas até chegar ao marketing, o que me parecia ser o alcance de um objetivo. Foram 3 anos de muito aprendizado, mas que, com o passar do tempo, fui percebendo que não me fazia tão feliz quanto eu imaginava. O que me deixava feliz eram as férias (acredito que assim como muita gente). Eu e minha amiga Jode cada vez que viajávamos, víamos no mundo e nas festas uma vontade e uma oportunidade de viver daquilo e não do estilo de vida que vínhamos levando. Planejar a próxima viagem era muito mais prazeroso do que os outros 11 meses do ano e não conseguíamos mais aceitar essa uma forma de viver. Então resolvemos encontrar um jeito de criar um negócio relacionado à festas e viagens pelo mundo. No ano passado começamos a planejar e estruturar a empresa, estudando diversos caminhos possíveis de fazer o negócio acontecer e então em novembro de 2015 lançamos a Summer, consultoria de viagens focadas em festas, baladas e festivais pelo mundo. O primeiro desafio foi a dificuldade de encontrar empresas semelhantes para que pudéssemos nos espelhar. Existem agências de turismo e existem blogs de viagem, mas é difícil ver consultorias que fazem as duas coisas interligadas. Saber equilibrar o tempo entre criação de conteúdo e prestação de serviço também é muito desafiador e só depois dos primeiros meses que conseguirmos sentir qual deveria ter mais importância e como seria nossa fonte de renda. Outro desafio foi entender que o dinheiro demora para entrar. Não quer dizer que se você tem um serviço e você divulga ele, as pessoas vão se interessar. Você tem que se adaptar a cada tentativa e mudar o foco cada vez que encontra uma oportunidade. O resultado foi que entendemos que para sermos reconhecidas nesse meio, temos que nos expor. As pessoas tem que confiar em você como pessoa para colocar uma viagem nas suas mãos, senão elas vão contratar as agências tradicionais. Então tivemos que nos diferenciar, criar e divulgar nosso conteúdo para que as pessoas pensassem: eu quero fazer a viagem que elas fazem! Quero viajar com elas, quero ter a vida delas! Assim conseguiremos ganhar relevância e nome para podermos conquistar notoriedade e confiança de cada vez mais pessoas.” Bruna Antero 

Jode e Bruna estarão no 1º Seminário & Webinário Yaw: Guinadas Pessoais, que acontece em 03 de setembro, no Cubo, em São Paulo. Informações e inscrições: http://yawnet.wixsite.com/mysite

Summer Travel Party

https://www.facebook.com/summertravelparty/

22/08/2016 - 11:29

Conecte-se

Revista Vida Simples