Oficina de bordado e outras artes

Sesc São Paulo oferece mais de 500 atividades gratuitas, de bordado à pinturas

Vida Simples digital

Sesc São Paulo oferece uma série de oficinas de bordado à pintura e muito mais | <i>Crédito: Shutterstock
Sesc São Paulo oferece uma série de oficinas de bordado à pintura e muito mais | Crédito: Shutterstock

No final desta semana, de 2 a 4 de março (sexta a domingo), todas as 39 unidades do Sesc na capital e demais cidades do estado de São Paulo vão sediar a segunda edição do FestA! – Festival de Aprender. Serão mais de 500 atividades entre oficinas, ateliês para a família, palestras, encontros, bate-papos, feiras, vivências e demonstrações artísticas. O melhor: qualquer um pode participar e é tudo gratuito. O único pré-requisito é a vontade de aprender, de desenvolver um hobby, de se abrir para algo novo.

O Sesc São Paulo, por exemplo, vai oferecer oficinas de desenho, fotografia, pintura, artes gráficas, audiovisual, games e fabricação digital. Nas artes têxteis, interessados em costura criativa, bordado, crochê e estamparia vão conhecer novas técnicas de customização. Adeptos da robótica terão a oportunidade de desenvolver protótipos autônomos de linha de produção, peças com uso de materiais recicláveis e até participar de um minicampeonato de robôs, tudo de forma muito lúdica. Ao todo serão mais de 1200 horas de programação simultânea, e a agenda completa das atividades e locais onde as aulas serão oferecidas pode ser conferida pela internet: sescsp.org.br/festa. A página também vai trazer diversas ações para os meios digitais.

Para participar do FestA!, há três formas de acesso, dependendo da atividade que você quer participar: inscrição antecipada pelo Portal Sesc SP; retirada de senhas no dia e local da atividade, com 30 minutos de antecedência; livre acesso.

Destaques

Capital e Grande São Paulo

Só na cidade de São Paulo são 19 endereços do Sesc que irão receber a programação. Este ano, a novidade é a participação das unidades 24 de Maio, Cinesesc, Florêncio de Abreu e Parque Dom Pedro II, este último localizado em frente ao Mercadão Municipal e que irá receber futuras instalações da instituição. Entre as atividades de destaque estão os cursos de Gravura Digital para CDs e LPs com o ilustrador Elifas Andreato, autor de dezenas de capas de discos de artistas da música brasileira como Chico Buarque, João Bosco, Paulinho da Viola, Martinho da Vila e Zeca Baleiro, no Sesc Carmo; aos adeptos do processo de impressão e reprodução de imagens e textos, o poeta e artista multimídia Paulo Bruscky ministra bate-papo e oficina sobre experimentação performática com Xerografia e Poema Linguístico, com demonstração de método e processo aberto de criação, no Sesc 24 de Maio.

Em outra unidade do centro, no Sesc Consolação o jovem youtuber Junior Crocheteiro ensina crianças a utilizar agulha e linha para criar formas e objetos em ateliê de crochê. Junior Silva faz sucesso na internet. Seu canal tem mais de 360 mil visualizações e no Instagram soma mais de 25 mil seguidores.

Outra influenciadora das redes sociais e que também estará no Consolação é a artesã gaúcha Lu Gastal. Com mais de 50 mil seguidores em sua página no Facebook, que traz trabalhos inovadores em artesanato, patchwork, tecidos e bonecas de pano, ela ministra oficina criativa para produção de Filtro dos Sonhos com Pompons, Fitas e Aviamentos. Os participantes serão convidados a pensar no planejamento e execução da peça que é um amuleto da cultura indígena ojibwa.

No Sesc Pinheiros, artista internacional especializada em estampas convida o público a bordar narrativas. A mexicana Gimena Romero propõe uma compreensão do bordado como linguagem ao oferecer linha e agulha aos participantes produzirem livros curtos em papeis com fibras naturais. No Sesc Pompeia, os saberes tradicionais, a cultura pop e a arte contemporânea japonesa são apresentados ao público por artistas japoneses e descendentes que pesquisam e difundem ofícios tradicionais, artesãos engajados na cultura pop e kawaii, além de artistas e pesquisadores que se apropriam desses saberes seculares a partir de um olhar contemporâneo. O designer Igor Hideki Hatanda ministra oficina sobre Encaixes da Marcenaria Japonesa. Conhecida pelo seu detalhamento, a técnica, que é referência em todo o mundo, será compartilhada com o público, que poderá praticá-la ao longo da oficina.

Na Zona Leste, o Sesc Belenzinho recebe a ilustradora norte-americana Sophie Roach, que vai criar um grande Desenho Mural no container instalado na Praça Central da unidade. Roach é conhecida por seus coloridos cadernos de desenho no estilo doodle (desenho feito ao acaso por uma pessoa enquanto está distraída ou ocupada) e por seus projetos de arte urbana. No Sesc Itaquera, o destaque fica por conta da vivência Corpos em Órbita: Como Acessar os Satélites que nos Rodeiam, ministrada pelo artista audiovisual Caio Fazolin. Trata-se de uma instalação que captura sons transmitidos por satélites e os reproduz em autofalantes. Além de exibir a instalação, Fazolin debaterá o processo de rádio escuta de satélites e decodificação de imagens enviadas pelos sistemas meteorológicos.

No Sesc Campo Limpo, que fica na Zona Sul da capital, a ex-secretária adjunta da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo Djamila Ribeiro ministra palestra sobre o papel da arte engajada na diversidade cultural, étnica e de gênero, e seus possíveis usos no campo da educação formal e não formal. No Sesc Interlagos, o músico e produtor Rodrigo Coelho apresenta a oficina Sintetizando a Natureza: Captura e Criação de Sons com Inspirações da Natureza. A partir dos barulhos produzidos pelas árvores, pedras e folhas, os participantes criarão novos sons, utilizando sintetizadores oferecidos durante a oficina.

Na região metropolitana, três unidades do Sesc abrem as portas para o FestA!: Osasco, São Caetano e Santo André. Esta última recebe o coletivo Lumberjills. Liderado pelas fundadoras Leticia Piagentini e Fernanda Sanino, elas ministram oficina e vivência em marcenaria básica criativa. Responsáveis por transformar um setor tradicionalmente dominado por homens, cada vez mais elas estão ganhando espaço no mercado com móveis projetados, peças de decoração, cabeceiras e gabinetes de banheiro feitos sob medida.

O Sesc Osasco recebe o Coletivo Coletores e sua arte urbana. Com atividades demonstrativas em Arquitetura Ilustrada: Projeção Mapeada Com Trilha Sonora e oficina de criação em Vídeo-Mapping, os artistas Toni William Crosss e Flávio Camargo irão abordar a tecnologia que permite a exibição de vídeos de alta resolução sobre formas geométricas em fachadas de prédios. Os participantes serão estimulados a criar audiovisuais, utilizando imagens captadas na própria unidade durante o final de semana do FestA! e depois exibi-los com trilha sonora ao vivo de DJ na Concha Acústica de Osasco, que fica ao lado da unidade do Sesc.

 

FestA! – Festival de Aprender

Dias 2, 3 e 4 de março de 2018 – sexta a domingo.

Programação completa em sescsp.org.br/festa

Grátis

22/02/2018 - 11:58

Conecte-se

Revista Vida Simples