Práticas e cheias de memórias

Empreendedora cria lindas sacolas de feira em parceria com associações de costureiras e com comunidades como Paraisópolis

Ana Holanda

- | <i>Crédito: Divulgação
- | Crédito: Divulgação
Um dia, Caminhando  pelo centro do Rio, a empreendedora Gisela Heizenreder Cury comprou uma sacola de feira, grande e colorida, boa para carregar de tudo um pouco. Isso foi há dez anos. Desde então, as pessoas lhe perguntam onde comprou a tal sacola. Em 2016, Gisela decidiu produzir o acessório, que batizou de Sacola Tropical, em três tamanhos. Para confeccioná-las, ela desenvolveu parcerias com associações de costureiras de São  Paulo em comunidades como Paraisópolis e Capão Redondo. “Queremos que seja um produto com o qual todos ganhem e sejam felizes”, diz. Sobre o sucesso da sacola, ela arrisca: “É simples, lembra uma versão da antiga sacola de feira, com toda a sua praticidade e vivacidade. Tem um bocado de memória afetiva envolvida nisso”. 

Sacola Tropical/ facebook.com/sacolatropical

11/01/2017 - 15:26

Conecte-se

Revista Vida Simples