A flor do concreto

Artista pinta vegetação local das cidades por onde passa para falar sobre a nossa relação com o verde

Vida Simples Digital

A flor do concreto | <i>Crédito: Vida Simples Digital
A flor do concreto | Crédito: Vida Simples Digital

 Se você mora em São Paulo e já passou pelo viaduto do Minhocão colocando um pouco mais de reparo nos muros da cidade, pode ter encontrado o trabalho da muralista Mona Caron. Ela mora em São Francisco, nos EUA, mas tem levado a sua série Weeds para as paredes de edifícios no Brasil, na Espanha e até em Taiwan. O nome da série faz alusão às ervas-daninhas, plantinhas famosas por resistirem ao tempo e nascerem justamente em meio ao concreto da cidade. Mona também usa sua arte para falar de movimentos sociais e ambientais locais, além de olhar com cuidado para questões climáticas do mundo. Ela seleciona plantas nativas que encontra nas metrópoles que visita e as leva para as paredes através de suas tintas, em enormes composições que chegam a ocupar toda a parede de um prédio. Assim, é impossível não reparar na beleza que está por trás de cada lugar. 

Mona Caron | https://goo.gl/jNrcvu

08/03/2018 - 11:11

Conecte-se

Revista Vida Simples