A visão de Saramago

Exposição em São Paulo explora a personalidade do escritor e seu jeito de enxergar o mundo

Débora Zanelato

A exposição em São Paulo aborda o jeito peculiar do escritor Saramago enxergar o mundo | <i>Crédito: Divulgação
A exposição em São Paulo aborda o jeito peculiar do escritor Saramago enxergar o mundo | Crédito: Divulgação

Foi quase aos 60 anos que José Saramago, Nobel de Literatura, publicou seu primeiro livro. O amor da sua vida, Pilar, ele encontrou aos 65. Antes de se dedicar à escrita, foi serralheiro, mecânico, agricultor, jornalista e outras coisas. Saramago – Os Pontos e a Vista acaba de entrar em exibição no Farol Santander (o antigo Banespão), em São Paulo, com entrada gratuita. A graça da exposição que homenageia o autor, morto em 2010, é mostrar quem era o escritor e seu jeito de ver o mundo. “Saramago é conhecido pelas opiniões polêmicas, mas ao nos aproximarmos de seu universo podemos entender que suas opiniões vêm de uma reflexão profunda sobre as condições humanas e as relações de poder”,  diz o curador, Marcello Dantas.

Saramago – Os pontos e a vista
https://goo.gl/4yg9HG

18/04/2018 - 11:01

Conecte-se

Revista Vida Simples