Carnaval fora de festa: opções de roteiro longe da folia

Retiro de meditação, vivência terapêutica com argila, oficinas de bioconstrução... Para quem quer passar o carnaval imerso à natureza

Letícia Gerola

Rio Grande do Sul e São Paulo têm programação alternativa | <i>Crédito: Divulgação
Rio Grande do Sul e São Paulo têm programação alternativa | Crédito: Divulgação

Festival de Carnaval com Satyaprem
Um retiro no Carnaval para quem quer encontrar a si mesmo: mestre zen contemporâneo realiza Darshan no Rio Grande do Sul. O evento acontece entre os dias 17 e 21 de fevereiro, no Sítio Leela, na cidade de Osório, o SATORI – primeiro módulo do Festival de Carnaval com o mestre gaúcho Satyaprem. Reestruturado por Osho, que incluiu suas meditações ao sistema, o trabalho segue o formato de imersão dos monastérios Rinzai Zen e recebeu o título de "Iluminação Intensiva": o retiro promete um vislumbre daquilo que somos em essência. No processo, atenção e disciplina são portas e a autoindagação é a principal guia.
  Do dia 17 até o dia 28 de fevereiro, os participantes do encontro estarão imersos em um sítio dedicado ao trabalho do Satyaprem. No alto do Morro da Borússia, todos ficam acomodados em quatro tipos diferentes de hospedagem onde ocorrem as refeições e atividades. Piscina de água natural, caminhadas e eventos noturnos.

Satyaprem 2017
Quando: 17 a 28 de fevereiro (*é possível a participação parcial)
Onde: Sítio Leela - Osório, Rio Grande do Sul
Informações e inscrições: producao@satyaprem.com
 

Carnabarro
Oficinas de bioconstrução com barro, argila e ritmos populares. É isso que a Ecovila Clareando e o Sítio Pau D'Água, em Piracaia, a apenas 90 Km de São Paulo, oferecem um programa para quem quer fugir do agito direto para a natureza. O Carnabarro oferece uma série de oficinas de bioconstrução usando barro (pau a pique e reboco natural), vivência terapêutica com argila e barro. Ritmos populares brasileiros, como o maracatu, coco e jongo, também fazem parte da programação. No último dia, um concurso de peruca de lama - no melhor estilo carnavalesco – está previsto para finalizar a viagem. Na segunda 27, um bloco vai sair da Ecovila Clareando e percorrer a estrada de terra até o Sítio Pau D'Água em um trajeto de 1 quilômetro, que também atrai moradores locais.  
            Tanto a Ecovila quanto o Sítio Pau D'Água situam-se na Serra da Mantiqueira, entre vales e montanhas recuperadas de Mata Atlântica, a 1.100 metros de altitude. Macacos bugio, esquilos, tucanos podem ser encontrados nos bolsões destas matas nativas da região.

Inscrição
O pacote completo pelos quatro dias, que também inclui café da manhã, comida caseira (almoço e jantar) e hospedagem sai por R$ 650,00 (para alojamento coletivo) e R$ 750 (quarto em casa de morador). As inscrições podem ser feitas pelo email projetocasaclara@gmail.com

 

 

 

 

15/02/2017 - 16:58

Conecte-se

Revista Vida Simples