Conheça o terminal de ônibus com telhado verde

Rio de Janeiro constrói o primeiro terminal de transporte coletivo equipado com telhado de mudas medicinais; iniciativa colocou o Vidigal no mapa do urbanismo e sustentabilidade

Letícia Gerola

Não são quaisquer plantas que compõem o telhado: mudas medicinais fazem parte da instalação | <i>Crédito: Carlos Moraes(Jornal Extra)/Montagem: Redação Vida Simples
Não são quaisquer plantas que compõem o telhado: mudas medicinais fazem parte da instalação | Crédito: Carlos Moraes(Jornal Extra)/Montagem: Redação Vida Simples

Esperar o ônibus todos os dias embaixo de uma... árvore? Quase O projeto é composto por duas estruturas sustentáveis: o “telhado verde medicinal” e a “galeria viva”, este segundo sendo uma instalação com um jardim suspenso. A obra do arquiteto e urbanista Carlos Augusto Graciano oferece um abrigo alternativo ao ponto de transporte, protegendo os moradores e visitantes do Vidigal da chuva e do sol forte. Não são quaisquer plantas que compõem o telhado: mudas medicinais fazem parte da instalação. O projeto contou com o apoio das escolas públicas do Vidigal que aproveitaram a ideia para discutir medicina alternativa, ecologia e meio ambiente – uma reflexão que se estende aos moradores da cidade e aos turistas que visitam a famosa trilha dois irmãos, programa que leva ao alto do morro do Vidigal. Os monumentos vivos do Vidigal completaram dois anos; segue em tramitação o projeto de lei que declara a instalação um patrimônio cultural urbano da cidade do Rio de Janeiro.

05/04/2017 - 19:12

Conecte-se

Revista Vida Simples