Dança no metrô

Uma experiência de viagem diferente para os passageiros: projeto de dança para jovens de baixa renda realizará oito performances na Estação Luz

Letícia Gerola

Além de ver a reação do público, a apresentação é importante para o processo de aprendizado dos jovens dançarinos | <i>Crédito: Gasbox Studio
Além de ver a reação do público, a apresentação é importante para o processo de aprendizado dos jovens dançarinos | Crédito: Gasbox Studio

De março a novembro deste ano, o Núcleo Luz realizará oito performances na Estação Luz da Linha 4-Amarela de metrô. A primeira apresentação traz trechos do espetáculo “O Lago de Nós”, de Chris Belluomini e pretende surpreender o público que estiver circulando na estação, a coreografia começa com pequenos grupos que vão se somando até completar todo o elenco, que é composto por 38 jovens de 18 a 24 anos. Além de ver a reação do público, a apresentação é importante para o processo de aprendizado dos jovens dançarinos, que até o momento tinham experiência apenas no palco.
  A realização da performance é de uma série de eventos do Núcleo Luz em 2017 e têm patrocínio da ViaQuatro, do metrô. Além de contribuir para a mobilidade urbana, promover o acesso à cultura reforça e possibilitar uma experiência de viagem diferente para os passageiros estão entre os objetivos do projeto. 

30/03/2017 - 17:35

Conecte-se

Revista Vida Simples