Educação física inclusiva

Projeto liderado pelo Instituto Rodrigo Mendes ajuda os professores a repensarem seu papel

Vida Simples Digital

Projeto ajuda na inclusão de crianças com deficiência no esporte | <i>Crédito: Divulgação
Projeto ajuda na inclusão de crianças com deficiência no esporte | Crédito: Divulgação

Abrir as portas das escolas públicas regulares para as crianças com deficiência, garantindo o direito de aprender e se desenvolver de forma integral é o objetivo do projeto Portas Abertas para a Inclusão, pilotado pelo Instituto Rodrigo Mendes, Unicef e pelo parceiro Fundació FCBarcelona. Só no ano passado, o programa passou por 15 capitais brasileiras e envolveu 458 profissionais.A metodologia do projeto envolve a elaboração de um diagnóstico sobre a realidade local de cada instituição de ensino e o desenvolvimento de projetos voltados à garantia de participação de todos no ambiente escolar. Durante todo o processo, os profissionais são estimulados a trocar experiências e repensar as práticas pedagógicas. “Por meio do esporte e da brincadeira, queremos promover o direito das crianças com deficiência de estarem na escola, aprendendo e se desenvolvendo com as demais”, destaca Rodrigo Fonseca, especialista da área de Esporte para o Desenvolvimento do UNICEF no Brasil.

 

06/07/2016 - 11:38

Conecte-se

Revista Vida Simples