Manual de autodefesa

No Chile, uma editora feminista lançou uma cartilha com golpes para mulheres se defenderem

Débora Zanelato

Manual de autodefesa ensina golpes para mulheres | <i>Crédito: Divulgação
Manual de autodefesa ensina golpes para mulheres | Crédito: Divulgação

O feminismo tem ganhado cada vez mais voz. No Chile, a Microeditorial Amistad, uma pequena editora feminista e independente, está produzindo uma cartilha que ensina mulheres a se defenderem. Em 2017, naquele país, foram 65 feminicídios registrados. Partindo da ideia de que é preciso empoderar mulheres para sairmos da cultura de medo em que nada pode ser transformado, a editora Tarix Sepúlveda encomendou aos ilustradores Cristian Toro e Nicolás González um zine ilustrado. Simples e direto, o guia traz o passo a passo de movimentos de defesa. A proposta é que o manual seja também uma resposta à forma como a força machista é empregada sobre as mulheres.

Manual de Autodefesa Feminista | http://editorialamistad.tumblr.com/feminismo

23/04/2018 - 11:55

Conecte-se

Revista Vida Simples