Meditação nas ruas

Projeto leva prática a grupos em grandes centros urbanos do mundo de forma gratuita, mostrando que meditar é possível para qualquer pessoa

Débora Zanelato

- | <i>Crédito: Vida Simples Digital
- | Crédito: Vida Simples Digital
 RENATA FARIA se interessou pela meditação ainda adolescente. Chegou a experimentar algumas técnicas, mas achou que aquilo não era para ela. O tempo passou e, aos 36 anos, Renata decidiu que precisava encontrar uma ferramenta para se sentir mais centrada. Aí, redescobriu a meditação através da técnica que ela ensina hoje. “Vi que meditar é fácil e pode ser praticado por qualquer pessoa, em qualquer lugar. É questão de encontrar o que vai funcionar para você”, diz. Ela é uma das criadoras do Medita na Rua, movimento mundial que leva meditação gratuita para grupos nas cidades. O próximo encontro acontece em outubro. “Hoje, sinto como se eu fosse a mesma pessoa, numa versão ainda mais leve, alegre e amorosa.”

MEDITA NA RUA http://bit.ly/MeditanaRua

03/10/2017 - 12:08

Conecte-se

Revista Vida Simples