Plataforma conecta produtores e consumidores locais

Baseado em um modelo de compra colaborativa, a Rede Rizoma forma grupos de consumo de acordo com a localização e o produto procurado

Letícia Gerola

A ideia do projeto é auxiliar as pessoas a fazerem a transição para um consumo mais sustentável | <i>Crédito: Letícia Gerola
A ideia do projeto é auxiliar as pessoas a fazerem a transição para um consumo mais sustentável | Crédito: Letícia Gerola

Pessoas se articulando entre si para fazer um consumo mais consciente, essa é a proposta da Rede Rizoma, uma ferramenta que organiza os usuários em grupos de compra a partir de seus interesses e os direciona para produtores da região. “A ideia é que produtor e consumidor se articulem entre si, sempre em escala local”, explica Paula Leite, uma das fundadoras. Vizinhos juntando-se para comprar verduras, amigos fazendo uma compra coletiva de tecido sustentável... As possibilidades são muitas, beneficiando sempre o produtor, que vai ter saída para o sue produto, e o consumidor, que vai comprar direto da fonte – e perto de casa.
                A ideia do projeto é auxiliar as pessoas a fazerem a transição para um consumo mais sustentável, objetivo que nasceu da experiência das próprias fundadores, que viveram um ano em uma ecovila e chocaram-se com o estilo de vida das cidades ao retornar. “É impactante essa lógica de consumo atual, insustentável. Queremos resgatar o contato com os produtores”, comenta Paula.  

22/01/2017 - 18:32

Conecte-se

Revista Vida Simples