Uma luz sobre nós

Em imagens noturnas, fotógrafo baiano faz representações poéticas das cidades ribeirinhas

Vida Simples digital

Uma luz sobre nós | <i>Crédito: Divulgação
Uma luz sobre nós | Crédito: Divulgação
O sol já estava se despedindo no horizonte em uma tarde de 2011 quando João Machado fazia imagens dos pescadores nas cidades ribeirinhas da Bahia. A noite tomou o seu lugar e revelou uma cena diferente: um pescador envolto, em seu barco, por uma tela de proteção. “Tratava-se de um mosquiteiro. E eu nunca tinha visto alguém usar o protetor daquela forma. Ali, nas águas, aquilo me encantou.” João se tornou fotógrafo quase que por acaso. Nos anos 1990, aos 19 anos, ele comprou uma câmera de um amigo com quem trabalhava na construção civil, como ajudante de pedreiro. “Eu fiquei curioso, nunca tinha manuseado uma câmera. Coloquei filme, fiz fotos das sobrinhas, dos cachorros. Mas as fotos não saíam. Descobri que a câmera estava quebrada”, conta. Foi o técnico que consertou a máquina de João quem deu as primeiras dicas ao jovem recém-encantado pelas lentes. Em seus trabalhos, o baiano de Xique-Xique busca um novo olhar para as cenas da infância no sertão, para as festas e romarias, e também para os pescadores ribeirinhos. Agora a série Iluminados vira exposição gratuita em São Paulo. “O trabalho é sensível, delicado. Traz paz”, diz Lucas Lenci, curador das imagens.

13/09/2017 - 09:04

Conecte-se

Revista Vida Simples