Fazenda Serrinha oferece cursos e vivências

Local famoso por abrigar o Festival de Arte da Serrinha, a reserva natural vai promover cursos e experiências criativas nos feriados de abril e junho

Letícia Gerola

Encontros, imersões, festivais e celebrações estão entre os eventos que acontecem nos 120 hectares de terras de uma linda área verde na beira da Serra da Mantiqueira. | <i>Crédito: Divulgação
Encontros, imersões, festivais e celebrações estão entre os eventos que acontecem nos 120 hectares de terras de uma linda área verde na beira da Serra da Mantiqueira. | Crédito: Divulgação

A Fazenda Serrinha é um lugar em transformação. Localizada em Bragança Paulista, a 90 Km de São Paulo, o local resgata os processos da natureza e promove experiências criativas. Encontros, imersões, festivais e celebrações estão entre os eventos que acontecem nos 120 hectares de terras de uma linda área verde na beira da Serra da Mantiqueira.
  A história da fazenda começou em 1899, quando o major Benedicto Moreira, político e abolicionista da região bragantina, adquiriu vários sítios contíguos, totalizando 120 hectares de terra, para plantar café. Antes da metade do século 20, o imenso cafezal sucumbiu às crises e às geadas, dando lugar a pastos e plantações de eucalipto, atividades que nunca tiveram o mesmo êxito da cafeicultura. Assim mesmo, a fazenda continuou sob os cuidados dos descendentes do major.
   Uma década e meia depois, em meados dos anos de 1990, a crescente preocupação com a conservação dos recursos naturais motivaram uma profunda modificação nas formas de interferência na terra, levando os responsáveis pela fazenda a repensar as atividades desenvolvidas ali. Concentraram-se os esforços na recuperação das áreas degradadas e incremento da biodiversidade. Em sintonia com a reocupação natural, no início dos anos 2000 a fazenda foi aberta para visitações. Atividades de educação ambiental, arte-educação, cursos, workshops, eventos nas áreas de cultura, meio ambiente e desenvolvimento humano passaram a ocorrer regularmente na área.
   Em 2001, o Ibama reconheceu a fazenda como RPPN – Reserva Particular do Patrimônio Natural. No ano seguinte, a fazenda, juntamente com parceiros vizinhos, criou o Festival de Arte Serrinha, evento cultural que passou a acontecer anualmente durante os meses de julho. O evento reúne nomes importantes da cena artística contemporânea do Brasil em oficinas, vivências e residências artísticas, debates, shows, exposições, performances, espetáculos de teatro e dança e filmes. O núcleo central é a Fazenda Serrinha, com atividades realizadas em outros locais dos arredores como o Galpão Busca Vida e o Cine Rancho.

 Cursos e vivências

Além dos eventos e festivais, a fazenda vai oferecer em nos feriados de abril e junho cursos e workshops pra quem deseja aprender em meio à natureza. Confira a programação:

4 a 16 de abril // Páscoa
Chi Kung na natureza, com  Neide Toyota e Jaime Kuk
Mais informações aqui 

 

20 a 23 de abril // Tiradentes
Imersão Ser Artesanal – mini residência e oficinas do fazer, com equipe da Revolução Artesanal
Mais informações aqui 

 

1 a 4 de junho
Lab da terra – mutirão agroflorestal, com Rafa Furtado, Liege Pistore e equipe da Serrinha
Mais informações aqui

 

15 a 18 de junho // Corpus Christi
Atividade da Escola Schumacher Brasil
Mais informações em breve

Para se inscrever, acesse o site da Fazenda Serrinha.

16/03/2017 - 18:44

Conecte-se

Revista Vida Simples